• Leonardo Amaro

Justiça Europeia Autoriza Venda de Cópia Digital de Jogo Usado

Tribunal de Justiça da União Europeia determinou que as publishers não podem impedir que o jogador venda suas licenças de conteúdo digital, permitindo assim a venda de jogos digitais usados.


Não há nenhum problema das publishers incluirem avisos em seus contratos de licença informando que você não poderá vender sua licença, mas na Europa, após essa determinação judicial, não há nada que possa ser feito legalmente para impedir os usuários de vendê-las. De acordo com o tribunal, o direito exclusivo de um serviço como o Steam ou Origin distribuir um jogo protegido pelo contrato de licença “exaure-se após a primeira venda”.


Mas há um porém: a ordem judicial exige que o vendedor da licença transfira sua própria cópia digital do jogo, tornando-a “inutilizável no momento da revenda”. Ou seja, o jogador pode vender a cópia, mas deve “destruir” a sua própria cópia para impossibilitar nova revenda.

Você pode ler a informação dada à impressa sobre a ordem judicial baixando o arquivo em PDF clicando aqui.

Vale lembrar, caros gamers, que a decisão só vale para os países europeus. Mas esta decisão poderá afetar o resto do mundo com o passar do tempo, principalmente os EUA, centro mundial de desenvolvimento e de mercado de jogos.

A Steam da Valve, a Origin da EA, a GOG (Good Old Games) entre outras distribuidoras terão que se adaptar à nova regra para poder vender seus jogos no mercado europeu e terão que sofrer as consequências, pois sofrerão alguns prejuízos.

Se a moda pegar, um dia poderemos revender todos aqueles jogos que estão parados na biblioteca do Steam, ou do Origin, ou da Good Old Games. Esperemos!

Fonte: [Game Informer]

#Revenda #Tribunal #Judiciário #LicençadeUso #UniãoEuropeia #DistribuiçãoDigital

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook - Aerolitos
  • Twitter - Aerolitos
  • LinkedIn - Aerolitos
  • YouTube - Aerolitos
  • Instagram - Aerolitos

©2020 - Aerolitos