• Leonardo Amaro

Django Unchained – O novo filme (problemático) de Tarantino

Mais um filme de Tarantino. Vai ter sangue, morte, exagero e Samuel L. Jackson de novo…ah que saco….

SACO NADA!

Sim, é mais um filme desse que, pra mim, é um dos diretores mais ousados desses tempos. Gosto muito dos filmes de por exemplo Tim Burton, que como Quentin Tarantino, adora colocar suas marcas bem diretamente para o público perceber logo nos primeiros 2 minutos de filme que é uma produção deles, mas diferente de Burton, Quentin vai um pouco mais além, mas algo de ruim acontece nos sets de filmagem…


Tá com tanto problema assim, Quentin?


Primeiro vamos falar da sinopse… Django Unchained foi dirigido e também escrito por ele mostra Jamie Foxx no papel de Django, um escravo que foi solto (com tiros e tiros) pelo Doutor King Schultz, no corpo de Christoph Waltz, o inesquecivel Hanz Landa de Bastardos Inglórios. Claro que o Doutor não ia soltar Django por nada. King é na verdade um caçador de recompensas que precisa de Django pra rastrear e matar uma gangue de assassinos que somente o Django já viu. Em troca, além da liberdade, Schultz também oferece ajuda a libertar a mulher de Django com o belo nome de Broomhilda de Calvin Candie, interpretado por Leonardo DiCaprio.

O filme foi gravado em Lousiana, lugar onde eu viajei e pude passar em alguns pontos onde foram gravados algumas cenas.Uma delas se passa em uma casa (que a noite fica assustadora) no meio de um pantano bem bizarro onde (diz o guia do lugar) acontece uma das cenas mais interessantes do filme, mas eu dúvido que ele saiba de alguma coisa. Uma das várias curiosidades do filme é que o papel de Django era inicialmente para ser de Will Smith, mas acabou sendo de Jamie Foxx, que na minha opinião faz muito mais a cara do Tarantino. Quentin disse em uma entrevista que sempre quis fazer um filme sobre o passado dos Estados Unidos focando na escravidão, mas nunca quis fazer algo muito dramático que de problemas sociais.

AGORA…

Esse filme promete muito, mas só nas gravações está se cumprindo pouco. Primeiro que, ou Tarantino é bipolar (o que eu não acho muito difícil), ou o elenco tá complicado demais. Como eu disse, o papel era pra ser de Will Smith e foi pro Jamie Foxx. Outros que saíram de seus papéis foram Kurt Russel e até Sacha Baron (aquele cara do Borat!). O mais novo a sair do papel é Anthony Lapaglia, conhecido pelo policial Marone de Without a Trace. Diz o ator, em uma entrevista ao blog Djangounchained.org que ele saiu simplesmente porque o set de filmagem estava descontrolado e o projeto estava com os custos lá em cima. Diz ele que adorou gravar o que pode e que teve mais diversão nos bastidores mais do que realmente gravando, mas “é assim que as coisas são”.


A data de estréia do filme é dia 25 de dezembro lá nos Estados Unidos e dia 18 de janeiro aqui no Brasil Vamos ver né?

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook - Aerolitos
  • Twitter - Aerolitos
  • LinkedIn - Aerolitos
  • YouTube - Aerolitos
  • Instagram - Aerolitos

©2020 - Aerolitos