• Leonardo Amaro

A Realidade Virtual Volta à Cena

Após a demonstração do seu Head-Mounted Display (HMD), um capacete com monitores oculares, John Carmack começou a receber propostas das grandes companhias da indústria de jogos.


Carmack (um dos criadores de Doom e, mais recentemente, Rage) está trabalhando no protótipo chamado Oculus Rift HMD com o expert em realidade virtual Palmer Luckey, que disse estar em negociação com Valve (Portal), Epic (Gears of War), Bethesda (The Elder Scrolls), Crytek (Crysis) e a Unity (responsável pela engine homônima).


Carmack acompanhando teste do seu Oculus Rift


Luckey também revelou que o financiamento através da Kickstarter para os kits do Oculus Rift HMD começarão por volta de 19 de julho deste ano para coincidir com a demonstração do aparelho na QuakeCon e na Gamescom.

Até onde eu posso negociar com o Oculus vai variar, mas posso prometer ao menos algumas parcerias, escreveu Luckey sobre as companhias interessadas.

[/center]

O Oculus tem um grande caminho pela frente, mas o mais importante é que eu focarei em primeiro lugar na comunidade [gamer], e não simplesmente vender para uma grande empresa. Estou trabalhando com engenheiros de hardware com experiência em periféricos para jogos, desenvolvedores de software com excelente conhecimento em integração com dispositivos de interface e com parcerias, além de um pequeno financiamento vindo das pessoas  que realmente querem, querem mesmo, que a realidade virtual se torne realidade, declarou Luckey.

E quando chegar ao consumidor final, Luckey espera algo impressionante: Eu imagino que um HMD com um grande campo de visão e mais pixels do que 1080p para cada olho, conexão com o PC sem fio, com absoluta estrutura entre cabeça e mão, arma, posicionamento [do jogador],  e integração nativa com (se não todos) os grandes motores de jogos, tudo por menos do que US$1.000,00. E isto pode acontecer ainda em 2013!

Esperemos que o Oculus Rift HMD  não seja mais um fracasso da indústria dos games, que sempre tentou tornar realidade o que víamos nos filmes do final da década de 1980 e início de 1990, onde as pessoas colocavam um óculos ou capacete e praticamente mergulhavam numa outra dimensão, como no filme Evolver, de 1995:

[/center]http://youtu.be/UvTPsy1120k?t=5m

Talvez um dos maiores fracassos na tentativa de se aproximar da realidade virtual, que eu recordo, foi o Virtual Boy, lançado em 1995, mostrava somente duras cores (vermelho e preto) e causava fortes enxaquecas se jogasse por muito tempo, sem falar que não se recomendava o uso por crianças abaixo de 7 anos por causar problemas no desenvolvimento dos olhos. Foi um dos maiores fracassos da Nintendo, que tentou dar um passo maior do que a perna numa época em que o 3D ainda estava começando no universo dos  jogos. Apenas para ter uma ideia de como era ruim, confira o vídeo do Angry Videogame Nerd:

[/center]

Mas em Carmack, o gênio por trás da id Software, eu confio!

Fonte: [NowGamer]

#idSoftware #PalmerLuckey #Rage #RV #HMD #RealidadeVirtual #Doom #Kickstarter #JohnCarmack #OculusRift

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook - Aerolitos
  • Twitter - Aerolitos
  • LinkedIn - Aerolitos
  • YouTube - Aerolitos
  • Instagram - Aerolitos

©2020 - Aerolitos