About the author

Léo Bruski

Fã do Ninja Jyraia, criador e editor-chefe do Aerolitos, Léo Bruski é um aficionado por podcasts e grande fã desta mídia que vem crescendo no Brasil a famosa podosfera.

Related Articles

5 Pingbacks/Trackbacks

  • First!?

    Cara, muito boa época e consequentemente bom cast!

    Na minha época de criança nós jogávamos muito TRUCO na rua, e também rolava uns jogos meio PUNK, que se o cara perdesse a rodada tínhamos que pagar uma prenda foda, decidida pelo grupo.

    Passei por muita coisa trash viu…

    TOP 5 jogos de criança do pessoal aqui:

    1. TRUCO;

    2. ESCONDE ESCONDE;

    3. VÔLEI (3 corta e time);

    4. REBA (OU REBOTE);

    5. PIPA;

    Mas o que mais rolava era zuera de um moleque com o outro. 😛

    • aLx

      Reba é respeitável, hein!

  • Opa, e como assim, NÃO SABE FAZER PIPA DE BAMBU????????? P

    Veja o vídeo
    http://www.youtube.com/watch?v=prdQIrLcGuk

    • ahh e pipa ratinho aqui chamava "cartolinha".. hehehh

    • Como fazer pipa de bambu? Negócio pesado da porra. tinha que ter 1 metro de altura então pra voar.

  • Fernando Minotto (@f

    Se você tem mais entre 25 e 30 anos sabe saberá exatamente do que esses malucos estão falando.

    Muitos não sabem o motivo da nostalgia da década de 80 mas pensa num tempo bão. Brincar na rua até altas horas da noite, piadas sujas e pesadas sem a censura do politicamente correto, bullyng formador de caráter. A vida era boa e não sabiamos.

    Abraços no coração!

    • aLx

      ABRAÇO NO CORAÇÃO??? Falou o cardiologista da cavalaria!

  • Po, os casts nostalgicos de voces sempre são show em!… mão negra na minha época era assim: dois ou tres amigos decidiam que iam brincar, a partir dai não podia dizer palavrão. Quem chegava depois estava participando mesmo sem saber. Só paravam de bater quando contava até 10 e dizia mão negra. Era muito bom (quando não era comigo) iuhaiiauhuiahuihuiahiuhaia

  • Ah sim, eu tenho um amigo que soltava pipa na lage com o filho dele, e o filho dele era muito pequeno (tinha uns 4 ou 5 anos). Para não ter perigo do moleque cair de cima da lage ele amarrava uma corda na cintura dele e na cintura do menino… uiauihuiahiuhauihuiauihuia

  • bruno barretos

    aew, acabei de ouvi o aerocast mto nostálgico e mto legal.

    Parabens.

  • Fala amigos do Aerocast, tudo bom?

    Ótimo Cast, a Vanessa e o Thiago são ótimas figuras da nova geração da Podosfera! 🙂

    Pessoal, muito legal este cast nostálgico. Uma brincadeira que vocês não comentaram, que eu achava muito legal, era mula. Sabe, pular mula? Vc ia pulando pelas costas do povo, era legal. Assim como taco tb, que era um jogo fantástico!

    É isso, continuem com o ótimo Cast! Abraços pra vocês!

    • aLx

      Vc ia pulando pelas costas do povo, era legal.

      Hmmmmmmmm… DANADCHINHO!!!

    • Obrigado pela parte que me toca. Lembro muito bem dessa pular mula, tinha a fase unha de gavião… só os fortes saberão o que é.

  • aLx

    Grande programa, Brusk! (escrita russa)

    Curti a lista das top five brincadeiras de criança moleque!

    1. Bola e Bet (Bets em São Paulo)

    2. Pega-Pega de bicicleta

    3. Reba

    4. Esconde-Esconde

    5. Viuvinha

    Parabéns à Vanessa. Mandou muito bem no meio dos cuecas!

    Só vou falar sobre duas coisas.

    1º Eu era o cheater do esconde-esconde

    2º Viuvinha era uma brincadeira violenta. Quem estivesse com a bola no pé (e a bola invariavelmente era papel amassado) podia ser chutado, socado, endedado, etc pelos outros jogadores. A ideia era se livrar da bola.

    Já falei muito sobre Brincadeiras de Crianças nos programas com tema semelhante do Internet Discada e PirataCast.

    Abraços.

    aLx

    • Porra aLx, endedado?! Sem mais comentários hehehe

  • Pingback: Telhacast – Telhacast #45 – Catástrofes Naturais()

  • Olá, Ótimo Podcast.

    Bem, na minha época brincadeiras era muito divertidas pelo fato de estarmos brincando na rua sem problemas de violência. Violência tinha, mas era muito diferente de hoje em dia. Minha mãe deixava a gente brincar a vontade na rua, desde que não chegássemos perto dos rockeiros. Os revoltados que ouviam Legião, Barão, Titãs e lobão.

    A Gente tinha uma Brincadeira que era ROUBA BANDEIRA, mas não era o Rouba bandeira normal como é conhecido no Brasil, nosso negócio era Hardcore era a Rua de cima Vs. a Rua de baixo, o campo era o quarteirão todo e juntava em média 48 crianças para brincar. Esconde esconde eu era foda tbm, fazíamos a brincadeira com dois carinhas procurando isto era muito foda.

    Por questão de curiosidade, vcs sabiam que a Brincadeira de esconde esconde era um ritual de iniciação à vida adulta na Grécia Antiga. Os iniciados era lançados na floresta e eram levados á se encontrarem. Esta brincadeira foi passada de geração em geração até que ficou famosa na França, chegando até nós como a conhecemos.

  • Pingback: AeroCast no Aerolitos! | Estrelas PodCast()

  • Pingback: Telhacast >> Mobile » Telhacast #45 – Catástrofes Naturais()

  • Fala pessoal, sou Robson do Vida Beta, há tempos venho querendo comentar mas sabem como é né… a vida é uma correria só. Tenho acompanhado a evolução do podcast de vocês. Sobre este em especial foi muito nostálgico. Já brinquei da maioria das coisas citadas, aqui chamamos "adedanha" e não "adedonha". Gostaria de acrescentar uma brincadeira chamada "bandeirinha" que aqui costumávamos brincar: dividia-se a galera em dois grupos.Dividia-se um espaço em duas partes e colocava-se um galho (bandeirinha) bem no final. O objetivo era invadir e "roubar" a bandeirinha do time adversário. E é isso, Grande abraço e parabéns pelo cast!

    • Robson, aqui em BH, se chama "Adedanha" também e a brincadeira da "bandeirinha" se chama "Rouba Bandeira"," Pega bandeira" ou "Capturar bandeira". Foi exatamente este "bandeirinha" aí que eu citei no meu comentário, mas a gente levou para um âmbito Hardcore a passamos a valer as duas ruas.

  • Grenny Souza

    Olá seres aerolíticos, muito engraçado o episódio!

    Interessante saber que o nome das brincadeira muda radicalmente de região pra região.

    Vamos aos nomes:

    Mão negra aqui se chamava Mancha Negra e, como disse o dbalotin, era relacionada com falar palavrão.

    Pipa, aqui é papagaio. E não é feito com bambu e sim com "tala" de palmeira ou coqueiro.

    Adedanha a gente chama de abecedário.

    Rouba bandeira que o Daniel Lopes citou aqui é Barra bandeira e a bandeira era um punhado de mato arrancado do terreno mais próximo hahaha

    E por último a mais curiosa que eu achei foi a "pipa ratinho" que aqui é chamada de curica o.O

  • Pingback: Geek Talk #07 – BIC | geektalk.com.br | Geek Talk()

  • Pingback: Telhacast #45 - Catástrofes | Telhacast()